sexta-feira, 20 de maio de 2011

UFBA publica isenção de taxa para vestibular 2012

                             
                                          
 

"A Universidade Federal da Bahia está abrindo nesta quinta-feira, dia 19 de maio, inscrições para pedido de isenção do pagamento da taxa de inscrição no Vestibular 2012. As inscrições permanecerão abertas até o final deste mês, para estudantes de ensino médio que atendam às condições do edital publicado no último dia 16.

A isenção do pagamento da taxa de inscrição será concedida a estudante que tenha concluído ou esteja por concluir todo o Ensino Médio ou equivalente, em estabelecimento da rede pública federal, estadual ou municipal.

Serão concedidas 8000 (oito mil) isenções do pagamento da taxa de inscrição no Vestibular 2012.

Havendo mais de oito mil pedidos de isenção do pagamento da taxa, terão preferência os estudantes que tenham obtido maior média aritmética global nas disciplinas de Português e de Matemática, nas séries integralmente cursadas no Ensino Médio.

Os pedidos de isenção do pagamento da taxa serão aceitos no período de 19 a 30 de maio de 2011, pela Internet ou em Postos de Atendimento nas cidades de Salvador, Barreiras e Vitória da Conquista.

Os procedimentos para requerer a isenção da taxa, os critérios de seleção dos isentos, os prazos, exigências e outras informações relevantes, bem como todas as instruções e normas que regulamentam a isenção do pagamento da taxa de inscrição no Vestibular 2012 encontram-se determinados na íntegra deste Edital, disponível na página da Internet www.vestibular.ufba.br e na sede do Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação (SSOA) da UFBA, rua Dr. Augusto Viana, 33, Canela, Salva-dor–BA, telefax: (71) 3283.7820, e-mail: ssoa@ufba.br , nos dias úteis das 09 às 17 horas."

Informações: UFBA

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Indicação de filme: Quanto vale ou é por quilo?


"Desenha um painel de duas épocas 
aparentemente distintas, mas, no fundo, 
semelhantes na manutenção 
de uma perversa dinâmica sócio-econômica, 
embalada pela corrupção impune, 
pela violência e pelas enormes diferenças sociais."

terça-feira, 17 de maio de 2011

Universidade Fora do Armário: UFRB / CFP -

                                          
Hoje completa-se 21 anos da retirada da homossexualidade pela OMS como uma doença. Há ainda quem pense que a homossexualidade não é algo "normal". Isto possivelmente é ainda resquicios de que a nossa sociedade insiste em querer ter a heteronormatividade como algo efetivo e por isso que precisa-se fazer mobilizações como essa para ressiginificar essas concepções. Ser homossexual é uma orientação sexual como qualquer outra. 
Precisamos deixar de nos prendermos a paradigmas e remodelar nossas convicções. 
A vida a *dois colorida pode sim ser mais bonita. Por que não?
Não vamos mas nos lapidar nem nos esconder. 
O que é que tem ser feliz assim?

A liberdade só é completa quando se respeita a diferença. 

Ocorreu um erro neste gadget